Área ferroviária favorece logística

O acordo de aluguel da Cofco com o Porto de Santos supõe algumas contrapartidas. Além do investimento de R$ 15 milhões para obras do Parque Valongo, é premeditada a construção de uma linha ferroviária na área dos armazéns 7 a 9.

Em relação ao pátio ferroviário, a Cofco relatou que as obras se iniciaram e as atividades estão em período de construção, com a finalização prevista para o segundo semestre de 2025.

“O pátio será composto por quatro linhas principais para descarga ferroviária Cofco, com alimentação de três moegas ferroviárias (local onde são armazenados os grãos) com capacidade de 1,5 mil toneladas/hora. A previsão é receber três composições de até 120 vagões”.

Modais de transporte

A instituição movimenta cargas pelos modais ferroviário e rodoviário. A previsão é que, anualmente, sejam carregados mais 200 navios e descarregados mais de 110 mil caminhões. O equivalente a mais de 2.250 km com todos os caminhões seguidos, e mais de 85 mil vagões por ano, somando 1.450 km de vagões enfileirados.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Posso ajudar?